‘Escória maldita’: Só a fala de Sergio Camargo já é motivo para quebrar tudo

O presidente da Fundação Palmares, Sergio Camargo foi gravado em uma reunião no último dia 30, as palavras inaceitáveis chegaram ao público ontem (2), através do jornal ‘O Estado De S. Paulo’.

Sem saber que estava sendo gravado, Camargo chamou o movimento negro de ‘escória maldita’, criticou Zumbi dos Palmares (que dá nome à fundação), falou em demitir ‘esquerdistas’ e usou o termo ‘macumbeira’ ao se referir a uma mãe de santo.

A reunião em questão era para se tratar do desaparecimento de um celular de Camargo. Sobre quem poderia ter pego, ele disse: “Qualquer um. Eu exonerei três diretores nossos assim que voltei. Qualquer um deles pode ter feito isso. Quem poderia? Alguém que quer me prejudicar, invadindo esse prédio aqui pra me espancar. Quem poderia ter feito isso? Invadindo com a ajuda de funcionários daqui. O movimento negro, os vagabundos do movimento negro, essa escória maldita”.

Camargo com Bolsonaro

É inacreditável que esse homem esteja na frente de uma instituição pública, ainda mais uma que trate do movimento negro. Apenas essa declaração de Camargo já deveria ser suficiente para que o povo fosse para as ruas afrontar o governo e quebrar tudo.

Em nota, Camargo lamentou ter sido gravado sem autorização, mas não se arrependeu da declaração absurda. É inaceitável que essa e outras situações se sustentem.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s