Jovem morre de covid por 10g de maconha, se fizesse rachadinha estaria em casa

No último sábado (4), um jovem de 28 anos chamado Lucas Morais Trindade faleceu por decorrência do novo coronavírus em um presídio de Manhumirim (MG). Ele estava preso por portar menos de 10g de maconha e teve três habeas corpus negados.

Lucas foi preso em flagrante ainda em 2018, sua condenação foi de 5 anos e 4 meses de reclusão. A decisão do TJMG foi contra o Conselho Nacional de Justiça sobre as prisões durante a quarentena. O Conselho pede uma reavaliação das prisões provisórias e preventivas de crimes menos graves.

De acordo com a Sejusp, Lucas desmaiou no sábado e foi levado para um hospital em estado inconsciente, onde veio a falecer. A família foi informada de que o motivo da morte seria um ataque cardíaco, no entanto a certidão de óbito mostrava como causa o coronavírus.

O presídio de Manhumirim tem mais de 150 presos diagnosticados com o vírus.

A morte do jovem que não deveria estar preso vem bem no momento em que Fabrício Queiroz, foragido da justiça, conseguiu ir para prisão domiciliar. Sem falar é claro do clássico caso do helicóptero cheio de cocaína encontrado no sítio de determinado família de políticos e que acabou não dando em nada.

Via: Portal Rap Mais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s